Dicas para aproveitar a viagem sem estresse.

Magic Kingdom1- Antes de embarcar, lembre-se de identificar todas as suas bagagens e organizar uma pastinha com os documentos. Também é importante guardar a grana em lugares diferentes. Separe bloquinhos por quantidade e guarde em alguns lugares seguros. Assim, se por azar acontecer de perder um dos bloquinhos, ainda há os outros guardados.

2- Boa notícia: todos os parques da Disney tem wi-fi liberado! É só autenticar pelo celular mesmo o seu cadastro e postar sem limites nas redes sociais.

3- Se for viajar no verão, prepare-se para passar muuuito calor! A boa notícia é que nos parques são vendidos ventiladores portáteis. Eles são leves e tem compartimento para água. Custam, em média, US$12.

4- Também é permitido entrar de chinelo nos parques. Oba! E fique tranquila: na hora de ir em alguma atração mais radical, você pode deixá-lo na plataforma de embarque do carrinho e retirar na volta.

5- Está com alguma mochila ou bolsa grande? Você pode alugar um armário para guardar tudo sem problemas. Os primeiros 45 minutos são de graça, depois, você paga cerca de US$ 3 pelo dia todo.

6- Não sabe falar inglês e precisa pedir alguma informação? Calma! Alguns funcionários dos parques têm a bandeira do Brasil na identificação do crachá. Sim, isso quer dizer que eles falam a nossa língua e, com certeza, poderão te ajudar!

7- Se você curte adrenalina e quiser sentar na primeira fileira dos carrinhos de montanha-russa, pode optar por esperar um pouquinho mais na fila. É só escolher essa opção quando estiver chegando perto do embarque na atração.

8- Em alguns parques aquáticos, como o Aquatica, por exemplo, há secadoras gigantes. Por US$ 3 você dá uma secadinha no cabelo e não fica com o biquíni molhado.

9- Nem todas as lojas dos outlets tem provadores. Por isso, vá com uma roupa que permita experimentar outras peças por cima. Leggings são sempre bem amigas para essas situações.

10- A dinâmica de compras nos outlets não permite que você pense duas vezes. Gostou, levou! Há poucas peças de cada item nas prateleiras e, como o fluxo de pessoas que passam pelas lojas é gigantesco, as chances de perder a peça que você queria, mas deixou pra comprar mais tarde são grandes.